Desejar a santidade do outro como a própria

terça-feira, 26 de março de 2013


O maior bem que podemos desejar a alguém é a sua santidade.

Não uma santidade piegas, com ares fenomenais, realizando prodígios que nada tem a ver com a realidade.

Mas sim, uma "santidade que é estar dentro do desígnio de Deus"*, amando e fazendo a sua vontade.

O que santifica alguém não são as penitências e os sacrifícios, mas o fato de fazer a pousada vontade de Deus pura e simplesmente.

Deste modo, não só podemos desejar a santidade do outro, mas podemos ajudá-lo, estando também nós antenados com a vontade de Deus. Dando o nosso testemunho. Abraços.

Obs.: *"santidade" - simplemente...é estar dentro do desígnio de Deus para mim...o que em meu íntimo, em minha consciência, sinto que Ele pensou para mim, desde as pequenas até as grandes decisões"

1 comentários:

Rita disse...

Boa tarde minha linda de sorriso simpático
um texto muito bonito e gratificante, gostei
e gostei de te visitar ..Deixo um abraço cm
carinho
Bjuss
Rita!!!!

http://cantinhovirtualdarita.blogspot.com.br/

Postar um comentário

Gostou do Blog? Então deixe sua opinião, que eu vou adorar!