O Perdão

terça-feira, 12 de julho de 2011



O perdão não estabelece um relacionamento. Quando Jesus perdoou os que os pregaram na cruz, eles deixaram de dever qualquer coisa.  O perdão existe em primeiro lugar para aqueles que perdoa, para libertá-lo de algo que vai destruí-lo, que vai acabar com a sua alegria, e capacidade de amar integral e abertamente. Quando você perdoa alguém, certamente liberta essa pessoa do julgamento, mas, se não houver uma verdadeira mudança, não pode ser estabelecido nenhum relacionamento verdadeiro. O perdão não exige de modo algum que você confie naquele a quem perdoou. Mas, caso essa pessoa finalmento confesse e se arrependa, você descobrirá em seu coração um milagre que irá lhe permitir estender a mão e começar a construir uma ponte de reconciliação entre os dois. Algumas vezes, e isso talvez pareça impossível para você agora. Essa estrada pode até mesmo levar ao milagre da confiança totalmente restaurada.

William P. Young.

2 comentários:

Antonio Gomes disse...

OLÁ ARACY!
Bem vinda ao Palácio das Letras.
Gostei muito de seu blog,de sua sinceridade,sabedoria,aparência,fotos,tudo.
Quanto ao Perdão,concordo com tudo que disse.Escrevi também sobre a Felicidade em se perdoar,no texto" A Felicidade não se compra" que você poderá ver,e ler,no meu Blog,Palácio das Letras,no mês de maio deste ano.
VOLTAREI.

Antonio Gomes disse...

P.S. TAMBÉM SOU PERNAMBUCANO,SÓ QUE NASCI EM SÃO BENTO DO UNA,A Cidade em que também nasceu nosso "Cantor/Poeta" ALCEU VALENÇA.
Moro em Goiânia há mais de trinta anos e aqui estudei,me formei e estou criando a minha família.
Gostei muito de conhecê-la.VOLTAREI,DE NOVO!

Postar um comentário

Gostou do Blog? Então deixe sua opinião, que eu vou adorar!